PUB
                             
Lifestyle - 18.12.2018

Nem o coração mais duro pode resistir à magia do inverno em Rovaniemi, capital da Lapónia finlandesa, e residência oficial do “verdadeiro” Pai Natal. A F Luxury Magazine convida-o para uma experiência única e inesquecível.

O dia há muito já nasceu, mas pelas vidraças largas do salão, enquadradas na madeira envelhecida do nosso hotel, não se vislumbra a luz do sol, atarefado por outras paragens. É este o ponto de partida da nossa visita a Rovaniemi, na Finlândia, onde o inverno é feito da cor da noite e as temperaturas rondam os 20 graus negativos.

É ao enfrentarmos os rigores da natureza, oprimidos pelo excesso de cautelas e agasalhos, que tomamos consciência de estarmos prestes a iniciar uma experiência única e inesquecível. No exterior, a brancura da neve, cercando-nos por completo, parece-nos, à primeira vista, feita de um brilho irreal. Numa alameda quase deserta, mesmo ao virar da esquina, um candeeiro de petróleo bruxuleante desvenda-nos uma alvura absoluta, estendida sobre uma superfície infinda, apenas pontuada, aqui e ali, pelo verde solitário de alguns pinheiros e abetos mais resistentes. O céu completa a paisagem singular, trajando um teimoso matiz de azuis, compondo um teto imutável durante toda a nossa estada. A Lapónia finlandesa explica-se por si só, através dos sentidos de quem a visita, oferecendo ao viajante beleza e tranquilidade.

Partimos do nosso hotel para visitarmos, sem mais delongas, o mais célebre residente de Rovaniemi: o “verdadeiro” Pai Natal. Nem o olhar mais cético ficará indiferente ao charme da pitoresca Aldeia do Pai Natal, localizada em pleno Círculo Polar Ártico, num lugar mágico e recheado de atrações. Visitamos o posto dos correios (que anualmente recebe milhões de cartas de todo o mundo) e a escola e oficina dos elfos; rodamos nos carrosséis; subimos a bordo do comboio de Natal, que nos passeia pela floresta mágica; e assistimos a espetáculos que fazem as delícias de miúdos e graúdos.

O ponto alto desta visita está reservado para o final. À porta de uma cabana iluminada, de traços simples e suaves, uma fila convidativa e ansiosa engrossa rapidamente. No interior, a figura sonhada por gerações aguarda-nos. O Pai Natal, nas suas lendárias vestes vermelhas, de sorriso largo, olhos meigos e longas barbas até aos joelhos, recebe-nos com simpatia e, neste caso, não poderia ser mais real. Imortalizamos o momento, enquanto aproveitamos para confirmar que nos comportámos bem no ano que finda.

A Lapónia finlandesa oferece um conjunto de comodidades e atividades que a tornam num destino incomparável para umas férias na neve. Entre as opções imperdíveis, contam-se os passeios nas planícies geladas, onde o visitante vagueia por terrenos idílicos, apurando, a cada passo dado, o seu conceito de beleza e tranquilidade. No local combinado, um pequeno trenó tradicional puxado por uma rena aguarda a nossa chegada. Acomodamo-nos, praticamente deitados, protegidos por uma confortável pele de animal, e deixamo-nos imediatamente levar, lentamente, pelos trilhos de neve. A sensação crescente de conforto e liberdade é proporcional à medida que a civilização vai ficando para trás e nos embrenhamos, gradualmente, nas silenciosas florestas da Lapónia.

Existem igualmente alternativas para quem anseia por emoções mais fortes. Na Lapónia finlandesa, as possibilidades são incontáveis e para todos os gostos. Se deseja uma viagem mais vertiginosa, o melhor é experimentar um safari em trenós puxados por matilhas de huskies siberianos (a raça mais popular da região). Neste caso, seguimos em pé num pequeno veículo. A velocidade é maior e o silêncio perturbado, em intervalos regulares, pelo latido dos cães – não se inquiete, porém, pois eles não ladram pelo esforço; pelo contrário, ficam irrequietos quando estão parados.

Para quem procura doses elevadas de adrenalina, temos outra sugestão, que, embora não seja exclusiva da Lapónia finlandesa, tem nos arredores de Rovaniemi percursos exemplares: um passeio em moto de neve, muito fácil de conduzir, mesmo para os menos experientes, em pistas seguras e bem demarcadas.

Após um dia recheado de ação, a prioridade é recuperar o corpo e a mente. Não haverá melhor lugar para o fazer do que na Finlândia e, em particular, na Lapónia, onde, como se diz popularmente, existem mais saunas do que habitantes. Ao final da tarde, deslocamo-nos a uma típica sauna finlandesa, onde as famílias locais se reúnem em busca de um momento de higiene, saúde e convívio.

A sala é totalmente revestida a madeira e aquecida através do método tradicional de lenha incandescente. A temperatura rapidamente atinge valores difíceis de suportar para os menos acostumados (próximo dos 80 graus Celsius), não nos restando senão relaxar, enquanto “suamos em bica” e nos tentamos refrescar com baldes de água sempre por perto.

As saunas finlandesas são construídas, quase sem exceção, junto a rios ou a lagos rasgados na neve; e não é por acaso. Segundo os finlandeses, a fórmula infalível para a longevidade passa pelo utilizador da sauna sair para o exterior e, de imediato, mergulhar em águas geladas – uma receita reservada somente aos mais corajosos.

De corpo são e mente sã preparamo-nos para um dos momentos altos desta viagem. Anualmente, milhões de visitantes chegam ao Norte da Europa, oriundos dos quatro cantos do mundo, atraídos pelo chamamento de um dos mais espetaculares fenómenos naturais: a Aurora Boreal, as luzes do norte que mantêm uma aura de sonho e fantasia. Para observar a Aurora Boreal é necessário céu limpo e uma vista desimpedida de edifícios ou construções. Deixamos o centro de Rovaniemi em direção aos arredores da cidade, onde não existe iluminação artificial (fator essencial para melhor usufruir da ocasião).

Não é possível saber, com exatidão, o momento mais adequado para observar a Aurora Boreal, por isso, ao visitante resta procurar um bom local e aguardar pacientemente. A hora vai já adiantada quando, sem aviso prévio, num céu negro e estrelado como pano de fundo, um tímido véu de cores esverdeadas surge no horizonte. Os sentidos disparam perante um quadro de pinceladas surrealistas, difícil de descrever, mas a que é impossível ficar indiferente.

Não tarda que o céu se ilumine novamente, desta vez, cobrindo-se por um vasto manto de um verde vivo, pontuado por tonalidades vermelhas, rosas e amarelas. Os arcos dançantes da Aurora Boreal exibem-se livremente, com a vaidade dos seres conscientes da sua própria beleza… e perante o nosso total assombro.

A uma hora de distância a sul de Rovaniemi, encontramos o Ranua Zoo, o jardim zoológico que procura dar a conhecer a fauna autóctone da região, reunindo cinquenta diferentes espécies de animais nativos da Lapónia e do Ártico. Ao longo do percurso de quase três quilómetros, o visitante pode observar lobos, linces, alces, veados e ursos castanhos, entre outros.

A principal atração do Ranua Zoo é o majestoso urso polar, autêntica estrela pop, capaz de concentrar todas as atenções. “Sisu” é o mais recente membro da família e festeja neste inverno o seu primeiro aniversário. Esta é a melhor forma de se embrenhar na vida selvagem da Finlândia, com maior facilidade e segurança, num passeio adequado para toda a família.

A viagem para Rovaniemi no inverno perpetua-se na memória e no coração do visitante. Para a experiência ficar mais completa, é indispensável provar os melhores sabores locais. A gastronomia da Lapónia é exótica – até mesmo para os finlandeses do sul – destacando-se os sabores típicos da sopa de salmão, do faisão e, como ex-líbris imperdível da região, do guisado de carne de rena (denominado poronkäristys); a fechar a refeição, um lapão genuíno (nativo ou apenas de passagem) jamais declinará uma sobremesa à base de amoras árticas. Para acompanhar, experimente o glögi, uma mistura de vinho quente com vodca, a que se adiciona especiarias a gosto, como o gengibre, o cravinho, a canela ou até mesmo a amêndoa. Os restaurantes Nili, Lapland Hotels Sky Ounasvaara e Artic Boulevard são as melhores escolhas para uma experiência de qualidade, beneficiando de espaços sofisticados, com um menu que une os sabores tradicionais à alta gastronomia.

Para se alojar, existem opções para todos os gostos. O Artic Light Hotel – premiado como o melhor hotel da Finlândia em 2018, situado no “coração” de Rovaniemi, é uma base privilegiada para quem não dispensa o conforto (e o ritmo) urbano da metrópole. Instalado no edifício da antiga câmara municipal, datado da década de 1950, o Artic Light Hotel destaca-se por uma decoração interior luxuosa e elegante. Os apartamentos Harju-Hill são outra excecional alternativa. Neste caso, o visitante beneficiará de maiores áreas, num apartamento moderno e charmoso, localizado entre a cidade e o campo e ideal para quem aprecia o contacto direto com a natureza. O espaço disponibiliza um alargado conjunto de atividades ligadas à neve. Num outro registo, recomendamos as casas de férias Northern Lights, um alojamento para toda a família (mesmo as mais numerosas), “perdido” na floresta da Lapónia finlandesa. A habitação garante sensações mais autênticas, sem, no entanto, depreciar o requinte de um hotel de cinco estrelas. Para além de todas as valências de uma opção premium, as casas de férias Northern Lights dispõem ainda da sua própria sauna.

Artigos relacionados...

Ferrari homenageia Michael Schumacher em Maranello

Exposição dedicada ao heptacampeão de F1

Dubai Square: o maior centro comercial do mundo

Espaço terá tamanho de 100 campos de futebol

Four Seasons chega ao berço da civilização Ocidental

Astir Palace Hotel em Atenas abre 2019

New York Times destaca os Açores

Arquipélago considerado um dos melhores destinos para 2019

Viajar e dormir no luxo inconfundível da SLH

Os novos membros dos fantásticos pequenos hotéis boutique

Os Mais Vistos

Lifestyle

Espaço terá tamanho de 100 campos de futebol

Lifestyle

Arquipélago considerado um dos melhores destinos para 2019

F Luxury no Instagram

Contactos

Portugal
Avenida Nossa Senhora do Cabo, 101
2750-374 Cascais
T. (+351) 210 149 077

Angola
Rua N'Dunduma nº147 e 149, Bairro
Miramar, Angola
T. (+244) 942 624 495

Suíça
Flüelistrasse 13, CH-6054 Kerns
T. (+41) 79 524 94 33