PUB
                             
Lifestyle - 21.06.2019

Com o seu primeiro híbrido plug-in, a Ferrari entra numa nova era da sua história quase centenária. O SF90 Stradale é apresentado como um superdesportivo extremo com mil cavalos de potência máxima e uma relação peso/potência impressionante de 1,57 kg/CV.

O downforce é de 390 kg a 250 quilómetros por hora, colocando este modelo no todo do seu segmento de supercarros. O SF90 Stradale tem um motor turbo de 90 graus em V8 capaz de fornecer 780 cv, a potência mais elevada de qualquer oito cilindros da Ferrari e para atingir os mil cavalos de potência vem outra novidade.

São 220 cavalos prestados por três motores elétricos, um colocado na traseira do SF90, designado por MGUK, devido à sua inspiração derivada da Fórmula 1. Este sofisticado sistema de motorização/transmissão não se torna complicado para o condutor, que tem simplesmente de selecionar um dos quatro modos de energia e, de seguida, concentrar-se apenas na condução. O restante é feito pela unidade lógica do carro, que gere o fluxo de energia do V8, o sistema elétrico, baterias e motores elétricos.

Mas este SF90 Stradale também é o primeiro carro desportivo da Ferrari a ser equipado com tração às quatro rodas, um passo absolutamente necessário para permitir que o incrível poder de tração da motorização híbrida seja totalmente explorado.

O carro estabelece novos objetivos para um arranque de hyper carro: 2,5 segundos para passar dos zero aos 100 km/h e 6,7 segundos dos 0 aos 200 km/h.

Os engenheiros da Ferrari conseguiram ampliar ainda mais o espectro de controles dinâmicos introduzindo um eixo dianteiro totalmente elétrico, conhecido como RAC-e (configuração eletrónica de curva). Além de fornecer exclusivamente propulsão em acionamento elétrico, os dois motores controlam independentemente o torque fornecido às duas rodas, estendendo o conceito de vectorização de torque.

A introdução desta arquitetura híbrida foi um desafio no que diz respeito à gestão o peso adicional que foi resolvido por uma atenção obsessiva aos detalhes e à otimização geral de todo o carro.

O desenvolvimento de um carro híbrido deste tipo exigiu o desenvolvimento de uma série de soluções aerodinâmicas inovadoras. Particularmente notável é a inovadora Gurney, um sistema ativo patenteado localizado na parte traseira do carro, que regula o fluxo de ar sobre a parte superior do corpo, reduzindo arrasto a altas velocidades com cargas dinâmicas laterais baixas e aumento da força descendente em curvas, travagem e durante as mudanças de direção.

Artigos relacionados...

Do Cadillac Escalade ao Porsche Taycan

Eis alguns dos carros de luxo mais aguardados de 2020

Guerlain associa-se à UNESCO

Programa de proteção e expansão da população de abelhas

Coleções especiais do Ano Novo Chinês 2020

Marcas rendem homenagem ao Ano do Rato do zodíaco chinês

A árvore de Natal mais cara do mundo

Decorada com adereços de conceituadas marcas internacionais

Os Mais Vistos

Lifestyle

Eis alguns dos carros de luxo mais aguardados de 2020

Gourmet

O melhor dos dois mundos

F Luxury no Instagram