PUB
                             
Lifestyle - 01.10.2019

A Porsche apresentou o muito esperado Taycan, o automóvel cem por cento elétrico da marca de luxo alemã, que promete ser decisivo para o seu futuro imediato, tendo em vista uma opção mais sustentável de todo o setor.

Para dar a conhecer o Taycan, a Porsche realizou três apresentações em simultâneo, com a principal a ter lugar nos arredores de Berlim, junto a um gigantesco parque de geração solar. Ao mesmo tempo, este novo modelo foi também apresentado em plenas cataratas do Niágara, na fronteira entre os Estados Unidos da América e o Canadá, e no centro de uma enorme central eólica nos arredores de Fuzhou, na China – marcando assim presença em três importantes mercados para a marca.

O Porsche Taycan – que em turco significa «pequeno cavalo cheio de vivacidade» -, apresenta novidades ao nível da mecânica, em comparação com os concorrentes também elétricos, nomeadamente, ao nível da potência. A versão mais potente tem 625 cv, que saltam para 761 cv com overboost. O Taycan Turbo recorre à mesma bateria e ao mesmo motor, mas, neste caso, o overboost eleva-lhe apenas a potência de 625 para 680 cv. A Porsche anunciou uma velocidade máxima de 260 km/h, com uma performance dos zero aos 100 km/h em apenas 2,8 segundos.

A bateria monta células sul-coreanas da LG Chem com 95 kWh de capacidade total e 93,4 kWh útil, mas em termos de potência. Nos carros elétricos, quando se quer mais potência perde-se autonomia, assim sendo, o Taycan Turbo S não anuncia melhor do que uma autonomia entre 388 km e 412 km entre recargas, sendo o último valor relativo ao WLTP (e um consumo médio de 26,9 kWh/100 km); o Taycan Turbo, com um overboost menor, anuncia autonomias entre 381 e 450 km, sendo este o valor em WLTP, com um consumo de 26,0 kWh/100 km.

A Porsche revelou ainda que o Taycan tem duas malas, com 81 litros à frente e 366 atrás, o que aponta para um total de 447 litros. Como é habitual nos fabricantes alemães, a Porsche constrói com qualidade e o Taycan não será exceção: o habitáculo parece ter lugar para apenas quatro adultos, com o condutor a ter um ecrã digital à frente, onde surge o painel de instrumentos, e outro ao centro, para o sistema de navegação e as soluções multimédia.

Artigos relacionados...

Do Cadillac Escalade ao Porsche Taycan

Eis alguns dos carros de luxo mais aguardados de 2020

Guerlain associa-se à UNESCO

Programa de proteção e expansão da população de abelhas

Coleções especiais do Ano Novo Chinês 2020

Marcas rendem homenagem ao Ano do Rato do zodíaco chinês

A árvore de Natal mais cara do mundo

Decorada com adereços de conceituadas marcas internacionais

Os Mais Vistos

Lifestyle

Eis alguns dos carros de luxo mais aguardados de 2020

Gourmet

O melhor dos dois mundos

F Luxury no Instagram