PUB
                             
Tendências / Desfiles - 19.02.2019

A Piaget regressa novamente ao panorama da coleção Sunlight Escape, com um encantador segundo capítulo de criatividade dos seus ateliers de alta joalharia. Revisitando os temas apresentados em julho de 2018, a maison revela agora os motivos e imagens de uma misteriosa paisagem gelada de neve, iluminada pelo sol cintilante do céu de inverno, sempre inspirado na beleza audaciosa da natureza sob a sua mais fascinante forma.

Com 17 novidades divulgadas em três capítulos – Warming Lights, Exalting Sights e Dancing Nights – a Piaget volta a deslumbrar com a sua energia criativa, oferecendo designs arrojados, requintados métiers d'art e pedras preciosas excecionais numa combinação que é tanto mais inesperada quanto excelente.

 

Warming Lights

Continuando com a sua duradoura tradição em criar excecionais relógios de alta joalharia, a Piaget apresenta o relógio White Sun, em homenagem ao sol de inverno do Ártico que, no céu claro, brilha com uma branca luz deslumbrante. Tal como os raios do sol iluminam as planícies geladas, o mesmo acontece com os “raios” dos seus 12 diamantes de lapidação branca e os 81 diamantes de lapidação brilhante que são misturados com “baguettes” Palace Decor de ouro branco, gravados à mão, que irradiam do centro do mostrador de madrepérola. No mundo Piaget, White Sun é um tributo da marca adequado à celebração continuada do sol como um motivo comemorativo que dá vida e brilha perpetuamente.

 

Exalting Sights

Reforçando a sua posição como criadora preeminente de pulseiras de alta joalharia, a Piaget estende a sua coleção com a peça Frosted Star. Inspirando-se nas composições simétricas dos flocos de neve e nas suas infinitas interações, esta pulseira apresenta, no centro, uma safira azul de Madagáscar com corte almofada de 5,12 quilates, cercada por oito excecionais opalas pretas quadradas. Diamantes de quatro cortes diferentes irradiam, e a gravação mostra o histórico know-how da Piaget através de uma nova versão "geada" de assinatura "Palace Décor".

Em exaltação da mais branca das paletas de cores – uma ode à pureza da neve que cai – a Piaget apresenta também um sautoir elegante de opalas brancas, pérolas do mar do Sul e diamantes brancos. Feito de ouro branco, é a personificação perfeita da criatividade lúdica e alegre que define a maison. Misturando a iridescência de opalas, o brilho de pérolas e o brilho de diamantes para aperfeiçoar o efeito harmonioso, enquanto irradia de um design inspirado no floco de neve, este sautoir é uma verdadeira celebração do know-how excecional da marca no que diz respeito à joalharia e ao design.

 

Dancing Nights

Em homenagem à Aurora Boreal, um dos espetáculos mais extraordinários da natureza, a Piaget introduz Night Illusion: um colar, brincos, argolas e anéis que se inspiram diretamente nesse fenómeno nórdico, onde as luzes do Norte dançam e ondulam pelo gelado céu noturno. Fazendo eco dos tons de verde e azul deste espetáculo de luz hipnotizante, a maison produziu as melhores esmeraldas, turmalinas e diamantes de Paraíba numa paleta de rica intensidade. Primeiro, um colar, assimétrico na forma e uma verdadeira expressão da criatividade gráfica e lúdica da casa. No seu coração, encontra-se uma esmeralda central colombiana de 10,76 quilates, exibindo uma cor verde intensa com uma intensa saturação. Em torno dele, há uma mistura de esmeraldas com corte marquesa, turmalinas de Paraíba com corte marquesa e, excecionalmente, 42 cristais de esmeralda. Encontrados embutidos em blocos de quartzo, e devido à fragilidade da esmeralda, pois a extração desses cristais é extremamente difícil, fazem com que a sua inclusão aqui, se mostre ainda mais rara. Brincos e umas argolas singulares repercutem o desenho ondulado, sendo exemplos da obra audaciosa e contemporânea da Piaget. Completando a linha Night Illusion, um anel mostra uma esmeralda colombiana com corte almofada de 5,95 quilates que brilha com uma intensidade profunda evocando a sua inspiração. Oscilando em ondas de esmeraldas e diamantes, este anel é um espetáculo tão encantador e dramático quanto as luzes e os céus que o inspiram.

Dando continuidade à parceria criativa com a artista Rose Saneuil, especialista em marchetaria, a Piaget apresenta Green Aurora, uma pulseira original com uma paleta delicadamente variada que reflete as extraordinárias nuances da Aurora Boreal. Formada a partir de minúsculas lascas de palha, é necessária a grande proeza técnica do trabalho do Sicómoro e do Choupo para curvar a marchetaria à volta dos contornos da pulseira, uma estreia de alta joalharia para a casa. No centro do radiante desenho encontrasse uma turmalina índigo de mais de 14 quilates, um cristal raro e belo da Namíbia. Acompanhados por um par de brincos em marchetaria, de design semelhante com "pedaços" de diamantes que se assemelham ao gelo, estas duas criações marcam a harmonização de várias disciplinas praticadas nos níveis mais elevados de perfeição.

Artigos relacionados...

A reabertura da loja de verão de Chanel em Capri

Visite-a até ao dia 20 de outubro

Joias dinh van: um luxo discreto para o dia-a-dia

Casa francesa é uma referência há meio século

Estreia de Miguel Vieira na Semana da Moda de Milão

Designer português apresenta a sua coleção para 2020

Os novos Carlina da Chloé chegam para o verão

Modelos foram desenhados por Natacha Ramsay-Levi

Louboutin cria babouche em parceria com hotel marroquino

Modelo tradicional e exclusivo do Royal Mansour Marrakech

Os Mais Vistos

Lifestyle

Nova versão atinge 325 km/h, e faz 2,9 segundo dos 0 a 100 km/h

Beleza

Rose Water Mist para equilibrar e hidratar

F Luxury no Instagram