PUB
                             
Entrevistas - 05.03.2019

O percurso de Fátima Magalhães como Diretora da F Luxury remete, imediatamente, para o velho ditado: “por trás de um grande projeto, está uma grande mulher”. A F Luxury está a cumprir quatro anos de edições, de forma determinada e segura, mantendo-se como um projeto único no panorama editorial de língua portuguesa, superando todas as metas a que se propôs. Atualmente, a F Luxury é uma revista cada vez mais sólida e que personifica, com primor, aquilo que Fátima Magalhães sempre aspirou para este projeto editorial da Focuspremium. A equipa da F Luxury quis saber um pouco mais e conversou com a sua Diretora.

F Luxury (FL) – Em março de 2015, foi apresentado o número zero da F Luxury, com Fátima Magalhães como capa. O que recorda dessa altura?

Fátima Magalhães (FM) – Lembro-me da minha visão. De ter encontrado um projeto sem par. Após a minha experiência a colaborar com revistas, achei que era altura de lançar o meu próprio projeto. Fi-lo com o intuito de mostrar o meu trabalho nas mais diversas áreas e paixões, num posicionamento em que me situo e revejo. Apercebi-me que a nível editorial o segmento de luxo era praticamente inexistente e, quatro anos depois, a F Luxury é uma revista que supera todas as expectativas e onde a beleza, a elegância e a sofisticação transportam os leitores para o universo F. Mas volto a lembrar que o mérito não é só meu, e sim de todos aqueles que contribuem, diariamente, para o seu sucesso. A nossa equipa e os nossos parceiros que, direta ou indiretamente, têm dado forma e conteúdo às nossas páginas, com a máxima dedicação e profissionalismo.

FL - As áreas de interesse da F Luxury mantêm-se?

FM – Com uma motivação redobrada, com uma vontade indomável de fazer ainda mais e melhor, vamos sempre singrando nos focos da revista, onde as principais tendências no mundo da moda, da beleza e da decoração continuam a pontuar. No fundo, abordamos tudo o que seja premium e que eleve os nossos leitores.

FL – Mais um ano se passou e a revista está mais sólida. Que balanço faz?

FM - A revista está mais atrativa, quer em conteúdos, quer no que respeita à sua plataforma online www.fluxurymagazine.com, onde procuramos enriquecer os nossos leitores com temas mais prementes. Está concebida como uma irmã da edição impressa, espelhando a mesma temática e onde procuramos comunicar mais e melhor os nossos Clientes e parceiros. Estando disponível no Quiosque Digital da TAP, onde pode ser lida a bordo dos seus aviões nas classes Top Executive e Executive, posso adiantar que, em seis meses, mais de 2.000 pessoas descarregaram e leram digitalmente a F Luxury. Quanto à App própria, dinâmica e interativa [que pode ser descarregada em http://fmagazine.mobi-shout.com], vamos ter novidades…

FL – Tem o cuidado de fazer uma capa portuguesa e uma capa angolana. A que se deve tal investimento?

FM - Sendo angolana de origem, e partilhando o mesmo idioma, era para mim lógico que a F Luxury também marcasse presença nas bancas em Angola. E quanto a isso, preocupamo-nos em dar aos leitores angolanos algo em que se revejam e inspirem, razão pela qual uma mesma edição possa vir a ter duas capas distintas. A F Luxury simboliza, por isso, uma ponte que liga Portugal e Angola, países irmãos, onde tem o prazer de estar disponível.

FL – Olhando para trás, o que sente que ainda falta fazer?

FM – Cada ciclo que passa da F Luxury, é com motivação redobrada e energias retomadas que empreendemos uma vontade de fazer sempre mais e melhor, na tentativa de apresentar uma nova edição que supere todas as expectativas. Nesse sentido, já progredimos muito, mas há sempre mais por fazer… e em 2019, novos desafios se nos colocam. Temos um novo projeto do qual ainda nada posso adiantar…

FL– Para si, quais são os sinónimos do sucesso?

FM – Sonhar, concretizar e nunca desistir! Libertarmo-nos das amarras e viver a vida intensamente. Idealizar, acreditar e construir. Equilíbrio, objetivo, organização e determinação, são a chave do sucesso para tudo.

FL – E de onde vem essa sua força? O que a inspira?

FM – Escuto sempre o que o coração me diz e luto pelos meus sonhos e por aquilo em que acredito. Entrego-me totalmente àquilo a que me proponho, com coragem e determinação, e faço uso da paixão que possuo e com que me nutro, para me superar e ir mais além. Quando fazemos aquilo de que mais gostamos, tudo flui e avança. E como gosto muito do que faço, acabo por ser uma pessoa bem-disposta, de espírito jovem, que tenta levar a vida a brincar, mas sempre com conta, peso e medida. Acreditar que tudo vai dar certo e permanecer feliz depois de ter passado pelas mais diversas experiências é a certeza de que tudo valeu a pena.

FL – Com tanto o que fazer, tem tempo para cuidar de si?

FM – Tento sempre organizar o meu tempo da melhor maneira para poder cuidar mais de mim. Muitas pessoas, especialmente as mulheres, quando questionadas sobre cuidar de si mesmas, respondem sempre: “não tenho tempo para isso!”. Mas penso que a resposta mais adequada para essa pergunta seria: “não consigo organizar meu tempo”. Carreira profissional, responsabilidades familiares, marido, filhos, serviço de casa, atividades pessoais. Com tanta coisa ao mesmo tempo, nem sempre é fácil equilibrarmos todas essas tarefas. Por isso, muitas profissionais de sucesso, como eu, acabam por negligenciar as suas necessidades pessoais. O segredo está em organizar o meu dia a dia com o fim de cuidar das minhas responsabilidades e, ainda assim, encontrar tempo para mim mesma.

FL – E como consegue conciliar a sua vida familiar com os seus projetos?

FM - Costumo dizer que tenho duas famílias. A real, que é o meu pilar, com o meu marido e os meus dois filhos, que são tudo para mim, mas também o sentido de família que eu crio com os meus colaboradores. A minha equipa é o meu outro pilar, sem a qual o meu projeto não se desenvolve. E crio esse laço de família com a minha equipa porque tudo se baseia na confiança, no delegar tarefas e no espírito de entreajuda. São eles que dão voz aos meus sonhos e desejos, e que me fazem acreditar. E, nesse sentido, vou conseguindo manter um equilíbrio, cuidando da minha família, dos meus amigos, do trabalho e das responsabilidades.

Artigos relacionados...

José Eisenberg

O império de beleza de Eisenberg

Eugénio Campos

Viagem ao topo do mundo da Eugénio Campos Jewels

Grace Mendes & Fredy Costa

A dupla de atores do momento

Ricardo Pereira

O multifacetado ator

Paulo Morais

O grande sushiman português revisita a sua carreira e fala dos seus novos (e muito aguardados) projetos

Os Mais Vistos

Lifestyle

Nova versão atinge 325 km/h, e faz 2,9 segundo dos 0 a 100 km/h

Beleza

Rose Water Mist para equilibrar e hidratar

F Luxury no Instagram